Filie-se

SETEMBRO AMARELO: COBRAPOL, SINDPOL-RJ E COLPOL-RJ CRIARÃO PLAYLIST COM O TEMA VALORIZAÇÃO DA VIDA NO YOUTUBE

admin Comente 04.09.20 160 Vizualizações Imprimir Enviar

 

Nesta sexta (4), o SINDPOL-RJ e a COLPOL-RJ com a colaboração da COBRAPOL, realizaram a 1° Live em prol do movimento Setembro Amarelo com o tema:  *“Valorização da Vida: entre os riscos psicossociais dos agentes de segurança pública e fatores de proteção “.*

A transmissão que durou cerca de 1h30, contou com a introdução e  participação do  jornalista André Trigueiro, uma das maiores referências nacionais na campanha de prevenção ao suicídio, com uma das maiores referências no assunto, a cientista política e diretora executiva do Instituto de Pesquisa, Prevenção e Estudo em Suicídio (IPPES), Dayse Miranda, com a psicóloga e coordenadora do NUPIsaúde da COLPOL-RJ e do SINDPOL-RJ, Natalia Neira,  com a mediação da Diretora de Assuntos em Saúde do Trabalhador Policial da COLPOL-RJ, Meire Cristine e com a ajuda técnica necessária do Especialista em Comunicação Digital da COBRAPOL, Cleber Souza.

 

Ao final da transmissão, Cleber Souza, representando o presidente da COBRAPOL, André Gutierrez, anunciou a iniciativa do presidente em lançar a *playlist nacional sobre Valorização da Vida dentro do canal do youtube da COBRAPOL*, para que os assuntos abordados sejam alcançados nacionalmente por toda classe policial civil .

 

*Se você perdeu esse bate papo, entre no link a seguir e assista.*

https://www.youtube.com/watch?v=yKmHasU_a2M&feature=youtu.be 

Abaixo um trecho do livro Viver é a Melhor Opção de autoria do jornalista André Trigueiro:

“A Organização Mundial de Saúde reconhece que as estatísticas de suicídio também são elevadas entre algumas forças policiais. Mas destaca que, em alguns países, essa situação pôde ser revertida. É o caso de Montreal, no Canadá, onde foi possível reduzir o índice de autoextermínio com adoção de medidas relativamente simples. Lá, todos os oficiais receberam instrução para identificar comportamentos de risco e como agir nesses casos. Supervisores e lideranças sindicais da categoria também foram treinados, em um curso rápido de um dia de duração, com o mesmo objetivo. Uma linha telefônica exclusiva para ajudar os policiais que se sintam vulnerável completou os esforços, que resultaram em uma redução de 79% nos índices de suicídio na corporação.”

(Viver é a Melhor Opção, André Trigueiro, p. 90-91)

© 2020 COLPOL.