“É fundamental, não só, que os transtornos mentais tenham o devido tratamento, através de um acompanhamento psicológico e psiquiátrico, mas que as condições de trabalho dos policiais sejam melhoradas para atenuar os índices de adoecimento associado ao trabalho”. – Natalia Neira (Coordenadora do Departamento de Psicologia da COLPOL-RJ)