Filie-se

AS DUAS FACES DO DISTINTIVO: o outro lado do policial

admin Comente 20.09.19 229 Vizualizações Imprimir Enviar

AS DUAS FACES DO DISTINTIVO: o outro lado do policial

“ESCRITORES”

No dia 29 de setembro celebraremos o dia do Policial Civil e para dar início às comemorações, começamos hoje à série “As duas faces do distintivo” onde apresentaremos os colegas policiais que além de exercer a nobre função na segurança pública no Rio de Janeiro, também atuam nos bastidores da vida policial como escritores.

Hoje apresentamos a Oficial de Cartório FERNANDA W. BORGES, nascida Elaine Fernanda da Silva Borges, Policial Civil no Rio de Janeiro desde 2002, graduada em direito pela Universidade Estácio de Sá e pós-graduada em Direito Penal e Processual Penal pela Universidade Gama Filho.

eu no codex

Em 2010, escreveu seu primeiro livro, o suspense “Orgasmos Fatais”, dando início à série policial neo-noir que já conta com mais dois livros em sequência, a saber: “O Reverso do Destino” e “Sob o Signo de Escorpião – parte I”. O primeiro livro da série está em fase de publicação nos idiomas espanhol e inglês, intitulados Indecência Criminal e Criminal Indecency, respectivamente, e serão ambas as versões publicadas e distribuídas pela Editora Raredes, de Rio do Sul – Santa Catarina.

1567383928

Ainda seguindo as tramas policiais, em 2017, Fernanda lançou outro suspense, intitulado “Os Esquecidos”. Este trabalho conta com o elemento sobrenatural, o que o difere, em substância, da série neo-noir. Assim como “Orgasmos Fatais” se assemelha ao estilo do filme Instinto Selvagem, “Os Esquecidos” tem como parâmetro a série Cold Case (Arquivo Morto em português).

1567384693

Este ano Fernanda concluiu uma experiência inovadora e muito gratificante segundo a autora, lançando em parceria com a escritora B. Pellizzer o livro “A Balada da Bandoleira”, uma obra que foge ao estilo policial com que já está tão familiarizada, e adentra no mundo fantástico dos multiversos, da magia e aventura para adultos.

“Escrever com outra pessoa, ainda mais sendo alguém tão talentosa e com tanta experiência como a Betti, foi um aprendizado e tanto, além de ter rendido uma amizade muito bacana!”, Citou Fernanda.

A “Balada da Bandoleira” é uma história de mulheres fortes, destemidas, porém, feita para leitores de ambos os sexos. Trata de amizades, companheirismo e liberdade de um jeito que nós, meros mortais, não conseguimos conceber.

1567385219Além dos romances citados, Fernanda tem três contos publicados na Amazon, todos lidam com o suspense, o sobrenatural e as tramas investigativas: “A Herança da Guerra”, “O Suvenir da Iara” e “O Jogo do Copo”.

Fernanda gosta de escrever para um público eclético, abrangente, e por esta razão, embora seu xodó seja o estilo policial, está sempre buscando desafios em sua escrita. Atualmente, está trabalhando em um novo livro, um romance com tendências góticas que trata de feiticeiras e do famoso conflito humano de se sentir obrigado a escolher um caminho, a se definir como sendo do bem ou do mal. O título provisório é “Ella – A Feiticeira”.

Nossa Oficial de Cartório é apaixonada por mitologia grega, gatos, séries, aprender idiomas e casas abandonadas e antigas. Diz a autora, que rendem boas histórias, pois tudo o que é misterioso se transforma em inspiração para a alma daquele que cria. Mesmo os mais antigos clichês podem passar por releituras e este é outro desafio que muito estimula a policial.

Caso queira saber mais a respeito do trabalho da Fernanda, por favor, envie um e-mail para wfernandaborges@gmail.com ou entre em contato com a autora pelas redes sociais: Facebook: @w.fernandaborges ou Instagram: @fernandaw.borges

Clique aqui para comprar os livros pela Amazon!

Confira abaixo a sinopse completa de todas as obras publicadas de Fernanda W. Borges:

Orgasmos Fatais (livro 1 da série neo-noir)

Sinopse: Até que ponto as tentações podem mascarar a verdade? Até que ponto o amor pode se transformar em ódio? Até que ponto o prazer se transforma em dor? A bela Mariana Alves é assassinada brutalmente em seu apartamento. Daniela Vidal, igualmente linda e sexy, porém insensível e sarcástica, é apontada ferozmente como autora do crime por familiares da vítima. A razão seria a rivalidade entre ambas, cujo pivô é Rodolfo Mendonça, noivo de Mariana, um homem calculista, influente no meio político e ex-amante de Daniela. Douglas Ferreira é o policial civil encarregado das investigações e apesar de sua experiência em desvendar homicídios, se vê envolvido em uma rede de manipulação, onde o bem e o mal se confundem e as pessoas demonstram que nem sempre são o que aparentam. Policial e suspeita sentem uma mútua e tórrida atração e ele luta para que seus desejos não o impeçam de cumprir o seu dever. Sexo, relacionamentos explosivos e mortes caminham de mãos dadas neste suspense policial, que prende a atenção do leitor do primeiro ao último capítulo.

O Reverso do Destino (livro 2 da série neo-noir)

 Sinopse: Você acredita em destino? A sedutora Laura se infiltra na tradicional família Lutz, visando cometer um crime. Como babá de Marcelinho, ela percebe que seus patrões escondem segredos chocantes e, então, caça e caçador passam a se confundir.
Os policiais Douglas e Renato lidam com as pessoas mais sórdidas e insuspeitas, enquanto elucidam o desaparecimento de Jéssica Lutz, a prima de Marcelo, bem como o suicídio da mãe do garoto. Eles se deparam com um surpreendente serial killer, além de outros inimigos igualmente perigosos: seus colegas de profissão. Laura é obrigada a encarar as consequências de seus atos e descobre que tem o poder de reaver a sua vida de quem a enganou e traiu.

Por se tratar do segundo livro da série, contém spoilers do thriller Orgasmos Fatais.

Sob o signo de Escorpião: parte 1 – Vingança:

 Sinopse: Na turística Búzios do Réveillon de 2013, duas mulheres são encontradas mortas em uma mansão, e sob circunstâncias misteriosas. Os inspetores Douglas e Renato são designados para o caso e, enquanto o primeiro precisa enfrentar seu passado e seu receio de reencontrar Daniela Vidal, o outro faz o que pode para não cometer os mesmos erros de seu parceiro. Femmes fatales se enfrentam e, como em um jogo de xadrez, somente uma rainha poderá restar de pé quando certa organização ressurgir das cinzas e incitar a luta por um novo líder. Mais noir do que nunca, Sob o Signo de Escorpião – Parte 1 traz de volta personagens já conhecidos do leitor, como Daniela Vidal, de Orgasmos Fatais, e Laura Montenegro, de O Reverso do Destino, que — tendo inimigos em comum — unem-se para levar adiante suas vinganças. Neste thriller emocionante, que mistura assassinato, sadomasoquismo, sexo e drogas, Fernanda W. Borges nos apresenta a mais um de seus jogos policiais, onde a justiça nem sempre tem a ver com o cumprimento inequívoco da lei. O Leitor poderá mudar sua opinião sobre herói, anti-herói e vilão… Talvez não consiga distingui-los, talvez seja seduzido por todos!

Os Esquecidos:

 Sinopse: “Talvez não termine com o último suspiro, talvez tudo continue para quem foi ceifado de forma não natural”.

Delegacias com arquivos guardados em lugares sujos, úmidos, desativados, e que até as faxineiras evitam por medo de ratos. Entretanto, o que se esconde por trás desse cenário é pior do que roedores sujos: são os casos de homicídios não solucionados e que sofreram os efeitos do tempo. Verdadeiros túmulos que enterram histórias de mortes prematuras e violentas, e para as quais nunca se chegou a fazer justiça. Em certa delegacia, esse acervo foi apelidado pelos agentes como Ala dos Esquecidos. O que os policiais não enxergam ou não querem enxergar, é que para cada caso esquecido há a história de uma alma que anseia por justiça; o que eles não sabem ou não querem saber, é que quando a sede de justiça é intensa, a alma pode ficar por perto para que sua morte não seja esquecida, para que seu algoz seja desmascarado. É a busca pela verdade! Em Os Esquecidos, almas atormentadas dividem o mesmo espaço e as mesmas incertezas, mas vibram em uma frequência diferente, por isso não conseguem ser percebidas a não ser por uns poucos privilegiados. Só que nem sempre o tempo vence a guerra… E aí a justiça é feita, permitindo os tão sonhados recomeços.

A Balada da Bandoleira – High Noon:

(Em parceira com B. Pellizzer)

 Sinopse: Meio-dia: a hora do duelo. O sol à pique só não é mais quente do que os ânimos dos combatentes. Decidida, a Bandoleira olha para seu oponente sem saber que o desfecho daquela luta já havia sido escolhido por ele e, antes que pudesse disparar contra o Maldito, sentiu seu corpo ser sugado, e caiu ao lado de uma estrada de ferro, em um mundo que não era o seu. Nessa aventura fantástica, a primeira-dama do neo-noir Fernanda W. Borges e a diva dos romances paranormais B. Pellizzer apresentam personagens únicos e um enredo que fazem o leitor — literariamente — mergulhar em outras realidades, viajar para outros universos. Junte-se ao bando!

O Jogo do Copo (conto):

 Sinopse: Victória e suas primas, Lívia e Valeska, passam as férias juntas em Campos do Jordão, quando um vizinho, o jovem e impressionável Roger, lhes apresenta com entusiasmo uma tábua Ouija, conhecida no Brasil como o Jogo do Copo. A curiosidade em falar com os mortos é maior do que a prudência e eles aprendem, da pior forma, que certas brincadeiras não deveriam ser assim chamadas e que deveriam ser levadas muito a sério.

O Suvenir da Iara (conto):

 Sinopse: Na tentativa de tratar um paciente à beira da loucura, o psiquiatra Alexandre Bastos se envolve além do que lhe permitiria a ética profissional. Horácio se torna obcecado pela lenda da Iara, após ter recebido de uma ex-namorada um pingente em forma de sereia. Helen, outrora sua paixão, agora o despreza o que fez Horácio passar a desejá-la e persegui-la alucinadamente, mesmo depois de casado. Após retornar do norte do país, onde se submetera a um ritual indígena, o estado mental de Horácio piora. Em razão disso, Alexandre resolve investigar a fundo a influência desse mito na sanidade de seu paciente. O que Alexandre não imagina, é que sua própria mente seria invadida e seus fantasmas o assolariam impiedosamente.

A Herança da Guerra (conto):

 Sinopse: Policiais civis do Rio de Janeiro investigam sete estupros que resultaram nas gravidezes das vítimas. A enigmática delegada Sandra Couto assume as investigações e demonstra excessivo interesse nesse caso específico, o que chama a atenção do experiente inspetor Geraldo Novaes. Intriga os policiais o fato de as vítimas terem autorizações judiciais para interrupções das gestações, porém, serem impedidas reiteradamente de exercer seus direitos por acontecimentos inexplicáveis. Além disso, seis retratos-falados apontam um único rosto; o DNA, na contramão, indica seis homens diferentes. Uma das vítimas, além de não colaborar com as investigações, decide levar a gravidez adiante, alegando que seu bebê é “especial e que tem uma missão a cumprir”.
O que Geraldo sequer desconfia, é que sua investigação vai muito além da alçada criminal e que ele, embora cético e racional, jamais esteve sozinho em sua busca pela verdadeira justiça.

© 2019 COLPOL.