O SINDPOL-RJ, após inúmeras denúncias de policiais civis sobre as escalas de portaria na Cidade da Polícia (CIDPOL), com parecer do Departamento Jurídico, protocolou, no dia 09/05,  o ofício de  n° 01/RJ/SINDPOL/005/2017 (consulta disponível no UPO). O objetivo é  dar conhecimento à Chefia de Polícia sobre o fato, solicitando providências para regulamentação de tal atividade, uma vez que o serviço deve ser prestado por vigilantes terceirizados, contratados e com treinamento específico para tal fim. Não podem ser substituídos permanentemente e de forma ordinária por agentes de Polícia Judiciária, deslocados de sua atividade-fim a partir de diversas delegacias da capital e região metropolitana para suprir tal necessidade de segurança patrimonial. Além do eventual desvio de função, a situação se agrava pelas condições laborativas inadequadas que foram relatadas e que colocam em risco à saúde do trabalhador policial.