O Sindicato dos Policiais Civis do Rio (Sindpol) e a Coligação dos Policias Civis (Colpol) enviaram, ontem, um comunicado ao governador Luiz Fernando Pezão pedindo esclarecimentos quanto ao empréstimo de R$ 2,9 bilhões para pagar os salários atrasados. Os servidores pedem explicações quanto a possíveis pendências em função de outros empréstimos, além de cobrarem uma data para a chegada do dinheiro.

Os servidores lembraram, também, do fato de o governador ter prometido quitar todas as pendências com o funcionalismo até o dia 27 de novembro. A promessa, porém, não foi cumprida.